Salários em Portugal e na Europa

Hoje voltamos à temática dos salários em Portugal, para dar a conhecer aos leitores e visitantes do nosso portal, informações que considerámos úteis acerca deste assunto.

Como é do conhecimento geral, no nosso País, os salários médios estão bastante aquém do que é praticado um pouco por toda a Europa, facto que, aliado à falta de oportunidades e ás taxas de desemprego elevadas, mesmo em sectores que há alguns anos prometiam boas perspectivas de carreira, convida à emigração para outras zonas do Mundo.

Abaixo, deixámos um gráfico dos salários médios de alguns países da Europa, onde como pode constatar, Portugal se encontra muito mal classificado (clique na imagem para ampliar).

salarios

Como referimos, o facto de os salários médios em Portugal serem bastante abaixo do que se pratica na Europa, aliado à falta de oportunidades em diversas áreas, faz com que muitos portugueses considerem emigrar em busca de um futuro mais confortável do ponto de vista financeiro.

No entanto, estamos em crer que mesmo essa opção para quem detém estudos intermédios, não seja a melhor, pois o Velho Continente também vive grandes dificuldades e as oportunidades em países onde outrora eram sinónimo de estabilidade, hoje também são escassas.

Por essa razão, sugerimos que considere bem todas as opções. e que apenas emigre sabendo de antemão todas as condições de trabalho e o nível de Vida da região para onde irá trabalhar, pois poderá deparar-se com as mesmas dificuldades que atravessa em Portugal.

Num contexto deste género, o mais aconselhável é estar constantemente a aprofundar competências, através de cursos profissionais ou cursos superiores com boas saídas profissionais, de forma a melhorar o curriculum e aumentar as probabilidades de poder ser recrutado por uma empresa que ofereça boas condições de trabalho a todos os níveis.

A par dessa opção, o empreendedorismo é também uma via que deve considerar, caso tenha algumas poupanças ou tenha acesso ao crédito, no entanto, é uma opção que envolve também alguns riscos e bastante ponderação.

Por hoje é tudo. Caso tenha alguma dúvida sobre alguma questão sugerimos que aprofunde através das ligações que deixamos ao longo do artigo. Em contrapartida, poderá também entrar em contacto connosco através do formulário de comentários.

 

2 Comments

  1. Anónimo
    13 Novembro, 2014

    Embora não queria levantar polemicas com politiquices pois a discrepância é gritante, mesmo no que diz respeito ao que é considerado limiar de pobreza, fazendo do povo português verdadeiros heróis… Penso que seria interessante mostrar por exemplo os salários praticados cá e nos outros países no que diz respeito á classe politica e afins. E muito obrigada pelos conselhos, pois na procura de melhores condições por vezes não se equacionam todas as possibilidades, sendo os ordenados maiores por vezes o custo de vida também o é … É sempre bom lembrar isso.

    Responder
  2. Anónimo
    9 Dezembro, 2015

    eu que actualmente estou na Bélgica tenho a dizer que este mesmo está errado, pois é bastante mais baixo o salário do que o que se encontra nessa tabela.

    Responder
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *