Cursos Financiados de Agricultura Pelo IEFP

Depois de recentemente termos dado a conhecer aos leitores do blog Top Cursos alguns cursos de agricultura biológica, no artigo de hoje trazemos uma listagem de cursos financiados de agricultura em geral, formações essas leccionadas pelo PRODER (Programa de Desenvolvimento Rural) uma iniciativa do Estado Português.

cursos financiados de agricultura

Este é um sector onde os governantes portugueses parecem querer, e bem recuperar o tempo perdido, e apostar no desenvolvimento do mesmo, seja através de acções de formação, de investimentos, ou de financiamentos a particulares que apresentem projectos que demonstrem potencial de crescimento, geração de riqueza, emprego e exportação.

De facto, foi um crime durante tantos anos ter-mos deixado ao abandono a agricultura, pois o potencial do País é enorme e pode ser um tecido económico muito importante para Portugal, não só ao nível das garantias de subsistência e criação de emprego, mas sobretudo ao nível da exportação.

No entanto, a verdade é que durante todos estes anos, e fruto de acordos com instituições europeias, destruímos a nossa agricultura a troco de fundos para a criação de infraestruturas como auto estradas, escolas, etc, e agora é tempo de recuperar o tempo perdido no sector de explorar um mercado que pode trazer muitos benefícios para os portugueses.

Saiba um pouco mais sobre o curso de Gestão Agrícola mais conceituado do País.

Cursos Financiados de Agricultura

 curso-agricultura-min

Curso de Agricultura [Gestão Agrícola]

Curso leccionado por MasterD
btn-informacoes-grande

Relativamente aos cursos financiados de agricultura leccionados no âmbito do programa governamental PRODER, consideramos que os principais são os seguintes:

  • Cursos de introdução à produção vinhateira.
  • Cursos de distribuição e comercialização de produtos agrícolas.
  • Cursos de introdução à agricultura biológica.
  • Cursos de gestão de empresas agrícolas.
  • Cursos de planeamento de análise investimentos agrícolas.
  • Cursos de introdução à produção de citrinos.
  • Cursos de produção animal.
  • Cursos de gestão florestal.
  • Cursos de gestão e ecologia florestal.

De referir que estes cursos profissionais destinam-se a jovens desempregados ou empregados, que já tenham concluído uma formação de nível superior na área da produção agrícola.

Tratam-se de cursos financiados, e devidamente certificados pelas entidades competentes, e são leccionados um pouco por todo o País, nomeada e principalmente nas zonas do interior, que são as mais desertificadas e que mais carecem de investimentos do sector, de forma a dar um novo alento económico a estas regiões do País.

Se desejar obter mais informações sobre estes cursos, visite o site do PRODER seguindo esta ligação, e preencha o formulário de inscrição sem compromisso, de forma a que possam entrar em contacto consigo para lhe facultar toda a informação necessária.

Por hoje é tudo. Esperamos que este artigo possa de alguma forma ser uma ajuda a quem procura por cursos financiados de agricultura.

Em breve, iremos fazer uma compilação de cursos no mesmo sector, dirigido a jovens e adultos com menos qualificações profissionais.

Fique atento, e considere assinar a nossa newsletter inserindo o seu endereço de correio electrónico no campo destinado para o efeito, que se encontra na barra lateral desta página, de forma a que possa receber todas as actualizações directamente no seu email.

E então, já ficou a saber mais sobre os cursos financiados de agricultura, como aceder, quais estão disponíveis, etc…?

Deixe nos comentários qualquer dúvida com que tenha ficado após ler o artigo que iremos tentar responder o mais brevemente possível.

4 Comments

  1. Raul Gomes
    9 Setembro, 2014

    Boa noite,
    Pretendia saber onde decorrem estes cursos ligados à Agricultura.
    Obrigado.

    Responder
  2. c.f.
    18 Outubro, 2014

    Boa tarde, a minha licenciatura é na área de letras,e já não sou jovem, no entanto os meus pais, em partilhas ficaram com uma terras que eu gostava de trabalhar, Como não tenho formação alguma nesta área, o que me aconselham? Deduzi«o que não poderei beneficiar destes cursos de que falam.
    Obrigado

    Responder
  3. Anónimo
    10 Março, 2015

    boa tarde, gosto este site e estou a começar a rentabilizar o meu terreno e tratar o certificado biologico. Mas nao gostei o texto que fale 'os Portugueses'…eu sou estrangeira e vivo aqui 20 anos. Melhor e sempre de falar dos habitantes de Portugal ou Portugal. Sinto me sempre triste e excluido este tipos de mal escritos no jornalismo..'No entanto, a verdade é que durante todos estes anos, e fruto de acordos com instituições europeias, destruímos a nossa agricultura a troco de fundos para a criação de infraestruturas como auto estradas, escolas, etc, e agora é tempo de recuperar o tempo perdido no sector de explorar um mercado que pode trazer muitos benefícios para os portugueses.

    Responder
  4. Anónimo
    26 Agosto, 2015

    Mas queria que o artigo falasse dos russos ou dos paraguaios? Se isto é um curso em Portugal, é natural que fale em portugueses. E se vive cá há 20 anos, devia sentir-se minimamente portuguesa. Se não concorda, tem bom remédio… ir cultivar as terras de onde veio.
    No entanto, vejo que escreve "(…) destruimos a nossa agricultura (…) e agora é tempo de recuperar o tempo perdido (…) que pode trazer muitos benefícios para os portugueses". Afinal, sente-se ou não portuguesa? Deixe-se de complexos de inferioridade ou de exclusão e seja portuguesa à vontade, que ninguém se chateia!

    Responder
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *