Lista de cursos profissionais do Estado

No artigo de hoje trazemos uma lista de cursos profissionais do Estado Português, de forma a que os nossos leitores e visitantes possam ter acesso, em um só artigo, a todos os cursos leccionados pelas entidades apoiadas pelo Ministério da Educação. As entidades que leccionam estes cursos são várias e não apenas o Instituto do Emprego e Formação Profissional, como vulgarmente as pessoas julgam. Qualquer escola se pode candidatar a leccionar cursos profissionais do Estado, sendo que para o fazer, terão que efectuar a respectiva candidatura para o efeito, e se aprovada, poderão então, com o apoio financeiro do Ministério da Educação, começar a disponibilizar as mais variadas formações disponíveis. No entanto, nem todo o tipo de cursos são leccionados pelo Governo, e é precisamente por essa razão que no artigo de hoje faremos uma exaustiva lista dos que o são.


lista de cursos profissionais


O Governo Português, através do Ministério da Educação, lecciona vários tipos de cursos para o mais variado tipo de pessoas. Desde cursos financiados ou cursos remunerados, a oferta é vasta e tem por objectivo dotar os cidadãos portugueses de mais e melhores competências, para dessa forma, ter uma economia mais competitiva a nível internacional, e consequentemente gerar mais riqueza e qualidade de vida para os seus cidadãos em geral. Estes tipo de formação é gerida pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional, o organismo estatal que tem por objectivo ajudar os portugueses a ter maiores e melhores competências e encontrar um emprego, e em seguida, sem mais demoras, passamos então a listar todos os cursos profissionais do Estado:


  • Técnico de Turismo
  • Técnico de Turismo ambiental
  • Técnico de Gestão ambiental
  • Técnico de Desenho de calçado
  • Técnico de Produção de moda
  • Técnico de Vendas e comércio
  • Técnico de Marketing
  • Técnico de Decorador de lojas
  • Técnico de Banca e seguros
  • Técnico de Design de moda
  • Técnico de Recepção hoteleira
  • Técnico de Automação e instrumentação
  • Técnico de Electrónica e telecomunicações
  • Técnico de Vídeo e animação
  • Técnico de Fotografia
  • Técnico de Multimédia e audiovisuais
  • Técnico de Manutenção e reparação de computadores
  • Técnico de Automação e comando
  • Técnico de Termalismo
  • Técnico de Programação de sistemas informáticos
  • Técnico de Frio e climatização
  • Técnico de Manutenção industrial
  • Técnico de Contabilidade e gestão
  • Técnico de Sistemas geográficos
  • Técnico de Higiene e segurança no trabalho
  • Técnico de Serviços jurídicos
  • Técnico de Informática de gestão
  • Técnico de Instalações eléctricas
  • Técnico de Electrotecnia
  • Técnico de Electricidade naval
  • Técnico de Auxiliar de educação infantil
  • Técnico de Construção civil
  • Técnico de Optometria
  • Técnico de Análises laboratoriais
  • Técnico de Química industrial
  • Técnico de Desenho de mobiliário
  • Técnico de Tinturaria e estamparia
  • Técnico de Gestão de produção têxtil e vestuário
  • Técnico de Recursos florestais e ambientais
  • Técnico de Viticultura e enologia
  • Técnico de Biblioteca, arquivo e documentação
  • Técnico de Recuperação do património
  • Técnico de Som e imagem
  • Técnico de Audio e vídeo
  • Técnico de Produção e tecnologias da música
  • Técnico de Cerâmica artística


Como pode verificar, existe uma panóplia bastante diversa de cursos profissionais  leccionados pelo Estado português, através do Instituto do Emprego que por sua vez é gerido pelo Ministério da Educação. Ainda assim, a oferta formativa não abrange todas as áreas, nomeadamente algumas mais específicas, pois o objectivo destas acções do Governo é dotar os formandos de competências mais abrangentes em uma determinada área. Se porventura está à procura de acções de formação mais específicas e de menor duração, pesquise no nosso blog utilizando a caixa de pesquisa que se encontra na barra lateral, pois já demos a conhecer inúmeros cursos mais específicos leccionados por escolas profissionais privadas.

Estes cursos acima listados, têm por norma, uma duração que pode ir de vários meses até cerca de três anos, têm uma componente prática muito vincada e dependendo do curso em questão, podem conferir diplomas avançados de nível secundário. Para mais informações sobre estes cursos, dirija-se já ao Instituto do Emprego e Formação Profissional da sua região, e peça mais informações a respeito, como os requisitos para a frequência, a duração dos cursos, a carga horária semanal, as saídas profissionais, diplomas e graus de equivalência escolar que conferem, etc, ou visite o site do Ministério da Educação, seguindo esta ligação.

Esperamos ter ajudado com esta lista de cursos profissionais. Caso tenha alguma dúvida, não hesite em entrar em contacto connosco através do formulário de comentário existente no final deste artigo. Prometemos ser breves a responder à sua solicitação.

Até à próxima.

1 comentário:

Anónimo disse...

Sou desempregada de longa duração,tenho 51 aos e o 12º. ano. Procurei várias vezes valorizar-me profissionalmente noutras áreas, no Centro de Emprego de Lisboa, onde estou inscrita não existe qualquer oferta, não me encaminharam p/ qualquer outro que tivesse e por mim própria encontrei um centro c/ formação profissional. As portas foram sendo sucessivamente fechadas, por vários motivos diferentes (escolaridade, vagas, etc, etc...) Havia algumas áreas em que estava mesmo interessada e que me poderiam permitir uma saída para o mundo do trabalho. Essa possibilidade foi-me vedada! O que me sugerem? Sou "velha" para trabalhar, "velha" para aprender e "nova" p/ a reforma (obviamente!)